Em nome da liberdade de imprensa

Embora Donald Trump seja criticado – com razão – pelos ataques à imprensa, por enquanto ficou só no discurso. Até hoje, o presidente americano que mais tentou usar a Justiça para deter o trabalho de jornalistas foi Barack Obama, seguido de George W. Bush. Essa é uma das revelações de Fighting for the press (Lutando pela imprensa), do jurista James Goodale, tema de minha coluna desta semana na revista Época. Diretor jurídico do New York Times na época do caso dos Documentos do Pentágono, Goodale foi um dos responsáveis pela vitória que consagrou o veto à censura prévia nos Estados Unidos em praticamente todas as situações. Num momento em que faz sucesso o filme The post: a guerra secreta, de Steven Spielberg, é leitura essencial para entender por que os verdadeiros protagonistas da história estavam não no Washington Post, mas no jornal rival, o Times.

https://g1.globo.com/mundo/blog/helio-gurovitz/post/2018/02/04/em-nome-da-liberdade-de-imprensa.ghtml