Entrevista: Dia Mundial de Combate à Hanseníase

A data é marcada nesta domingo, 28 de janeiro e a nova relatora da ONU para a eliminação da discriminação das pessoas com hanseníase está pedindo o fim do estigma.

A portuguesa Alice Cruz vive em Quito, no Equador, de onde falou com a ONU News. Nesta entrevista, a especialista de direitos humanos explica que em alguns países, as pessoas com a condição são impedidas de votar e a doença chega a ser motivo de divórcio, situações “inaceitáveis”, segundo ela.
Segundo Cruz, o Brasil, ao lado da Índia e da Indonésia, ainda tem a maioria dos casos. A relatora foi entrevistada por Leda Letra.
fonte http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/2018/01/entrevista-dia-mundial-de-combate-a-hanseniase/#.WmxhKrynF0s

 

Posted in ONU