Necessidades de apoio humanitário a sul-sudaneses superam US$ 3 mil milhões

Agências devem aplicar US$ 1,7 mil milhão para mitigar efeitos da fome e da crise humanitária no país ; custo de auxílio aos refugiados em nações vizinhas chega a US$ 1,5 mil milhão.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

As Nações Unidas precisam de US$ 3,2 mil milhões para ajudar as pessoas que foram forçadas a abandonar as suas casas na sequência do atual conflito no Sudão do Sul.

Para prestar auxílio aos refugiados sul-sudaneses nos países vizinhos são necessários US$ 1,5 mil milhão. Os beneficiários vivem em nações que incluem Uganda, Quénia, Sudão, Etiópia, República Democrática do Congo e República Centro-Africana.

Crise

A ONU quer investir mais US$ 1,7 mil milhão na ajuda aos deslocados internos do conflito, que tem agravado as condições da fome e a crise humanitária no mais novo país do mundo.

Os confrontos entre forças leais ao presidente Salva Kiir e o vice-presidente Riek Machar iniciaram em 2013.

Recurso

Falando em Juba, o alto comissário das Nações Unidas para Refugiados, Filippo Grandi, disse que a violência expulsa do Sudão do Sul as mesmas pessoas que deviam ser o maior recurso de uma nação jovem. Para o representante, as pessoas que deixam o território sul-sudanês deveriam construir o país e não fugir.

Para o coordenador de Assistência de Emergência da ONU, o conflito provocou um número “brutal” de mortos. Para Mark Lowcock,  é “de interesse de todos que continue a ser dado apoio generoso e contínuo” aos refugiados sul-sudaneses.

Mais de 2,5 milhões de pessoas já deixaram o país e outros cerca de 7 milhões precisam de assistência humanitária no Sudão do Sul.

 

fonte http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/2018/02/necessidades-de-apoio-humanitario-a-sul-sudaneses-superam-us-3-mil-milhoes/#.Wng7X7ynF0s

Posted in ONU