António Guterres: décadas após Segunda Guerra Mundial, antissemitismo e outras formas de ódio persistem

“Hoje, nós lembramos os seis milhões de homens, mulheres e crianças judeus que morreram no Holocausto. Outras inúmeras pessoas também perderam a vida quando a crueldade convulsionou o mundo.

Décadas após a Segunda Guerra Mundial, nós vemos que o antissemitismo persiste, e existe um aumento de outras formas de preconceito.

Grupos de supremacistas brancos e os neonazistas estão entre os principais promotores do ódio extremo.

E muito frequentemente, essas visões vis deslocam-se das margens para o meio da sociedade e da política.

Precisamos estar unidos contra a normalização do ódio.

Quando os valores da humanidade são abandonados, onde quer que sejam, todos nós ficamos sob risco.

Todos nós temos a responsabilidade de resistir ao racismo e à violência de formas clara e decisiva.

Através da educação e do entendimento, nós podemos construir um futuro de dignidade, de direitos humanos e uma coexistência pacífica para todos.”

Acompanhe o tema clicando aqui.

No Rio, ONU inaugura nesta segunda (29) exposição em memória às vítimas do Holocausto

O Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil (UNIC Rio) inaugura no dia 29 de janeiro no Palácio Itamaraty, no Rio de Janeiro, uma exposição com pôsteres em memória das vítimas do Holocausto, fruto de um concurso internacional vencido pela designer brasileira Júlia Cristofi.

O evento marca o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, lembrado em 27 de janeiro. A mostra fica em cartaz até 28 de fevereiro e tem entrada franca. Saiba todos os detalhes clicando aqui.

No Rio, ONU inaugura nesta segunda (29) exposição em memória às vítimas do Holocausto

 

fonte https://nacoesunidas.org/antonio-guterres-decadas-apos-segunda-guerra-mundial-antissemitismo-e-outras-formas-de-odio-persistem/

 

Posted in ONU