Mais de 16 milhões assistem a programas cristãos no Irã

Isso pode ser uma surpresa para muitos, mas o cristianismo está crescendo mais rápido na República Islâmica do Irã do que em qualquer outro país do mundo. Dezenas de milhares nessa nação muçulmana esmagadora estão abandonando essa fé.

Os especialistas dizem que a crise política em andamento e os desafios econômicos estão alimentando a ira generalizada contra o regime islâmico.

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, prometeu resolver os problemas econômicos, sociais e políticos do país depois que dias de protestos ganharam manchetes internacionais no mês passado.

“Eu quero prometer à nossa gente, que as condições econômicas, sociais e culturais do país, embora haja problemas, embora as pessoas ainda não tenham realizado seus sonhos e suprido suas necessidades, o governo é capaz de resolver os problemas com a ajuda de as pessoas”, disse Rouhani aos meios de televisão estatais iranianos. “Juntos vamos resolver os problemas passo a passo”.

Pelo menos 21 pessoas morreram em confrontos com policiais e mais de 1000 foram presas, depois que os iranianos realizaram manifestações em todo o país contra a repressão do governo e o estado precário da economia.

O presidente da Missão Heart4Iran, Mike Ansari, diz que a turbulência política está criando oportunidades únicas para compartilhar o amor de Cristo.

“Muitos cristãos iranianos se voltaram para nós perguntando o que é que eles precisam fazer”, escreveu Ansari em um e-mail.

Missão Heart4Iran se descreve como “uma parceria não política de organizações multinacionais”, reunindo cerca de 86 ministérios diferentes com o objetivo de servir e abençoar o povo do Irã, levando a mensagem do Evangelho.

Ele diz que com todas as notícias negativas sobre o Irã, é fácil perder a grande e muitas vezes incontestável história do que está realmente acontecendo dentro da nação islâmica.

“Deus está trabalhando no Irã”, declarou Ansari confiante. “Jesus está construindo Sua igreja, o Espírito Santo está transformando vidas e o Evangelho está avançando”.

A emissora ‘Mohabat TV’ é o braço de mídia dos Ministerios Heart4Iran.

Em 2006, a Mohabat TV tornou-se o primeiro canal de televisão por satélite cristão em farsi – idioma persa – transmitindo o Evangelho 24 horas por dia para o Irã. Hoje, a emissora é um dos 4 canais de televisão via satélite que transmitem uma contínua programação cristã ao país.

“As transmissões de TV por satélite cristãs no Irã desempenharam um papel vital no sucesso do do avanço das igrejas subterrâneas e domésticas do país”, escreveu Ansari.

“O significado da estratégia de mídia é que ela é formulada de modo que seja aprovada pelas medidas de segurança estabelecidas pelo governo e atinge o povo do Irã através dos aparelhos de TV ou smartphones”, acrescentou.

Como resultado, Ansari – que é nascido no Irã – acredita que as igrejas domésticas do país estão experimentando um crescimento explosivo, uma vez que um número cada vez maior de iranianos abandonam o Islã e se convertem ao cristianismo.

“De acordo com a Missão Mundial, a igreja (clandestina) no Irã é uma das igrejas de mais rápido crescimento do mundo”, escreveu Ansari em um ensaio sobre o avanço das igrejas domésticas. “A maioria dos líderes cristãos iranianos nativos acredita que o avanço das igrejas domésticas no Irã é a linha de vida do cristianismo dentro deste país”.

Quando questionado sobre o atual estado do cristianismo no Irã, Ansari foi enfático em destacar o notório avanço do Evangelho no país.

“Jesus está vivo, está se movendo, o Espírito de Deus está se movendo no Irã, e a igreja está crescendo muito rápido. Nunca vimos um crescimento tão sem precedentes de uma igreja subterrânea em qualquer outro lugar antes. A Missão Mundial anunciou em 2016 que o Irã tem uma das igrejas domésticas de mais rápido crescimento no mundo”, celebrou.

Rápido crescimento

Explicando um dos motivos do crescimento explosivo do cristianismo no Irã, Ansari explicou que as depcepções das pessoas com o islamismo e sua relação com o regime totalitário de governo no país tem deixado as pessoas mais abertas à mensagem do Evangelho.

“A igreja está crescendo porque o povo do Irã está desiludido com o Islã e eles estão procurando respostas para suas vidas. Eles não estão encontrando respostas nas formas tradicionais de religião do Estado ou na fé de seus antepassados. Eles estão procurando por novas respostas, não estão felizes e satisfeitos espiritualmente. Parece que um grande número dessas pessoas está realmente tendo sonhos e visões sobre um homem brilhante, vestido de branco, muito antes de nós estarmos lá pregando sobre Jesus a eles”, contou.

Aceitação entre os mais jovens

Ansari contou que ficou surpreso ao ver a grande abertura que a emissora cristã e a mensagem do Evangelho tem conquistado entre os jovens iranianos.

“Não fazíamos ideia de que tantos jovens iranianos acompanhassem nossos programas. Parece que cerca de 16 milhões de iranianos nos últimos 12 meses viram um ou mais dos nossos programas na televisão por satélite e também nos seus dispositivos móveis. Isso se traduz aproximadamente em cerca de 20% da população do Irã e esse é um número surpreendente”, afirmou.

“Isso, por si só, é uma enorme indicação de que existe um grande interesse entre os jovens muçulmanos em compreender melhor as outras religiões do mundo, em particular o cristianismo. Percebemos que nos últimos 11 anos desde que lançamos esse canal para o Irã, tivemos um aumento de impacto de mais de 400%, e para nós, isso foi absolutamente fenomenal”, acrescentou.

 

 

fonte http://www.cpadnews.com.br/universo-cristao/42978/mais-de-16-milhoes-assistem-a-programas-cristaos-no-ira.html