Guiné-Bissau recebe apoio do Unicef para responder a epidemiasGuiné-Bissau recebe apoio do Unicef para responder a epidemias

Arquipélago dos Bijagós melhorou condições de trabalho do pessoal de saúde; área de difícil acesso já dispõe de 13 centros de saúde reabilitados com luz e água; projeto contempla mais meia centena de infraestruturas sanitárias no resto do país

Amatijane Candé, de Bissau para a ONU News. 

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, entregou ao governo da Guiné-Bissau 13 centros de saúde reabilitados na região de Bolama, no nordeste.

Falando à ONU News, em Bissau, a representante do Unicef na Guiné-Bissau, Christine Jaulmes, disse que as crianças das localidades beneficiárias devem ter os mesmos direitos que qualquer outra criança do país ou do mundo.

Violência

“A mesma deve beneficiar de cuidados de saúde adequados desde o seu nascimento, boa nutrição, água potável, higiene, saneamento, registo de nascimento, vacinação completa e atempada, acesso a educação de qualidade assim como crescer num ambiente saudável e livre de violência. É com este princípio em mente que o Unicef implementa o projeto”.

O apoio da agência inclui a instalação de sistemas de fornecimento da água potável e eletricidade para a melhoraria das condições de trabalho, o respeito aos padrões de higiene e controlo de infeções.

Cuidados primários

O objetivo do projeto é reforçar a capacidade técnica e física das infraestruturas, melhorando o acesso aos serviços de saúde. A ideia é reduzir os índices da mortalidade materna ou infantil.

As intervenções fazem parte das atividades de saúde comunitária, principal foco do Unicef no país e foi concebido como mecanismo de resposta as epidemias do ébola e cólera.

Acesso a saúde

O projeto executado pelo Unicef quer reabilitar um total de 64 centros de saúde no país, com apoio de 1,4 mil milhões de francos cfas doados pela Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional, União Europeia e Holanda.

Christine Jaulmes lançou um apelo aos responsáveis das áreas sanitárias abrangidas no projeto.

Qualidade

“Contamos muito também com a vossa contribuição ativa para assegurar que as comunidades, especialmente as crianças, beneficiem de acesso a serviços de saúde melhorados. Não são só as infraestruturas que fazem a qualidade dos serviços, mas de forma particular as pessoas”.

A cerimónia de inauguração das obras foi presidida pelo ministro guineense da saúde do governo demissionário, Carlitos Barai.

Também estiveram presentes no evento o embaixador da União Europeia no país, Victor Madeira dos Santos, e o embaixador norte-americano para a Guiné-Bissau com residência em Dakar, Senegal, Tulinabo Mushingui.

 

fonte http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/2018/01/guine-bissau-recebe-apoio-do-unicef-para-responder-a-epidemias/#.WmoNCrynF0s

 

Posted in ONU