Médio Oriente e Norte de África consolidam recuperação do turismo

Organização Mundial do Turismo, OMT, afirma que número de chegadas internacionais subiu 5% e 13%, respectivamente no ano passado; chefe da agência, Zurab Pololikashvili, diz que região tem forte potencial de turismo.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.

O ano de 2017 marcou a recuperação do turismo no Médio Oriente e no Norte de África.

A notícia foi celebrada por autoridades de ambas as regiões e especialistas do setor durante um encontro, em Madri, sede da Organização Mundial do Turismo, OMT.

Alavanca

O turismo é uma das alavancas para o desenvolvimento, especialmente no continente africano. A diretora de comunicação da OMT, Sandra Carvão, disse à ONU News, de Madri, que a recuperação começou em 2016.

“África tem um potencial muito grande, em nível de turismo. Infelizmente, dois anos atrás, a questão do ebola e a imagem que muitas pessoas tinham que todo o continente estava afetado, quando realmente não era a verdade. Em 2016, começou a consolidar-se esta cooperação e este ano (2017) voltou a confirmar que África continua a crescer a nível de turismo. E para nós, é muito boa notícia, porque realmente, uma das nossas prioridades, na Organização Mundial do Turismo, é poder utilizar o turismo como ferramenta de desenvolvimento em particular em África.”

Confiança

Segundo o relatório da OMT, “Barômetro do Turismo Internacional”, o crescimento de chegadas internacionais no Médio Oriente foi de 5%, já no norte de África, foi registada uma alta de 13%.

Os resultados foram apresentados na Mesa Redonda Ministerial sobre Turismo e Desenvolvimento no Medio Oriente e Norte de África. A reunião foi realizada às margens da Feira Internacional de Turismo de Madri, na Espanha.

O secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, afirmou que a região conta com um forte potencial de turismo, e que já provou que é resiliente e que continuar a recuperar-se à medida que aumenta a confiança dos consumidores.

A estimativa da agência da ONU é de que Médio Oriente e Norte de África recebam em média 195 milhões de turistas internacionais até 2030.

 

fonte http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/2018/01/medio-oriente-e-norte-de-africa-consolidam-recuperacao-do-turismo/#.WmXh4rynF0s

Posted in ONU